Arquivo da tag: avaliação

Smart Band – ONME – Pulseira inteligente

smart band onmeApesar de ser uma pulseira pequena e leve, com apenas 20 gramas, a smart band ONME TCD1 tem diversas funções que muitos relógios não tem. Ela é uma pulseira discreta e em alguns momentos esqueço que ela está no pulso.

Por volta de 1 mês estou usando a ONME diariamente, inclusive nos treinos, além de monitorar a atividade física e qualidade do sono ela também tem notificações de chamadas através de leves vibrações no pulso.

As mensagens de what’s up, skype, email entre outros são exibidas na smart band e a notificação é uma breve vibração no pulso onde é possível checar um resumo da última mensagem no visor.

O interessante dessa funcionalidade é saber quais mensagens foram recebidas sem tocar no celular que está no bolso na bolsa em cima da mesa e etc….

Outro recurso interessante são os avisos de ociosidade, onde ela monitora o tempo programado na ONME para avisá-lo que está muito tempo parado e assim ela vibrará para informar que está na hora de se movimentar.smart band onme configuracao

A cada toque no visor da ONME é exibido uma informação, por exemplo: primeiro toque é exibido o relógio, próximo toque é exibido a quantidade de passos, mais um toque é exibido a quantidade de calorias queimadas e pressionando o visor por 3 segundos você tem acesso a um cronometro que exibirá no fim da cronometragem um resumo da atividade em passos medidos e calorias queimadas. Conforme o movimento do pulso o relógio é exibido sem tocar no visor.

A ONME não é totalmente a prova d’água, isto é, ela resiste a respingos de água. É composta de termoplástico, silicone e metal e tem 5 opções de cores.

No quesito duração da bateria foi uma surpresa, apesar do tamanho da Smart Band ONME, a bateria tem uma duração de 5 a 6 dias com todas as funcionalidades ativas. Através de um acelerômetro ela é capaz de medir seus passos e movimentos durante o dia e durante o sono mantendo a monitoração diária das suas atividades.

Principais funcionalidades:smart band onme configuracao1
  • Identificador de chamadas
  • Exibição de SMS
  • Notificação de mensagens
  • Monitoramento de atividade
  • Monitoramento do sono
  • Calorias queimadas
  • Alerta de inatividade
  • Relógio e despertador silencioso
  • Sincronização (Bluetooth 4.0)
  • Resistente à água (IP65)
  • Toque de tela
  • Bateria de longa duração

Diversas configurações da smart band são configuráveis através do app ONME que você deve baixar no seu smartphone, o primeiro passo é carregar a smart band por 2 horas e em seguida sincronizar o APP com a smart band via blue thooth e cutomiza-la de acordo com suas preferencias, tais como:

  • Sincronização do relógio (esta configuração é automática na primeira vez que a smart band conecta ao APP no seu celular)
  • Objetivo de passos diários
  • Aviso de inatividade / ocioso
  • Ajuste do horário do sono
  • Alarmes
  • Posição do visor (horizontal ou vertical)
  • Entre outros

A smart band ONME sincroniza todas atividades no APP onde é possível acompanhar suas metas e resultado nos gráficos diários, semanais e mensais de suas atividades diárias e durante o sono.

Com exceção de não ter o monitoramento cardíaco, na minha opinião a smart band ONME me ajuda a melhorar meu dia a dia. Devido ao tipo do meu trabalho, sentado em um escritório com reuniões diárias ela me ajuda a manter meu dia fisicamente ativo, avisando quando devo me levantar e caminhar um pouco.

Também me motiva a buscar minha meta de passos diários, estou deixando de pegar elevadores e usando escadas para cumprir minha meta diária e além disso me ajuda a organizar meu dia com alarmes e notificações que posso acompanhar na pulseira e para concluir o preço é bem acessível comparado com a quantidade de recursos que ela oferece. Vale muito a pena!!

Veja alguns exemplos de configurações e funções do APP ONME:

Nike Zoom Vomero 11 – Avaliação – Review

nike zoom vomero 11
nike zoom vomero 11

Marca / Modelo: Nike Vomero
Estilo: Corrida
Categoria: Amortecimento
Tipo de Pisada: Neutra/Suporte Supinada
Peso: Média 320g (Tam 41)
Durabilidade: Média 500km
Valor: R$ 599,90

Descrição:

O modelo da Nike apresenta um amortecimento totalmente responsivo.

Em destaque neste calçado está relacionado a tecnologia Flywire que se encontra no cabedal (parte superior) onde os cabos pra ajuste dos pés ficaram mais largos, permitindo uma melhor amarração (ajuste) do pé na transição das passadas, desta forma o pé fica mais firme.

Ainda no cabedal, falando de respirabilidade acredito que o modelo apesar de apresentar Mesh precisa melhorar, senti meus pés quentes.

A lingueta possui um acolchoado supremo (eu particularmente não gosto muito). Em relação a entressola e solado o Vomero 11 apresentou um ajuste no calcanhar seguro com uma flexibilidade (maciez).

O amortecimento sob o calcanhar, que se extende até o frentepé, devido as tecnologias Air Zoom e espuma Lunarlon. O solado apresenta ranhuras no frentepé que possibilitam maior flexibilidade para atletas/corredores que pisam frentepé (para mim um grande destaque, uma vez que minhas passadas são realizadas frentepé).

Observação: No cabedal (parte superior), mais precisamente na biqueia o calçado apresenta uma proteção extra tornando-a mais rígida e um pouco dura, podendo incomodar.

Indicação: Para atletas/corredores que buscam treinos de rodagem e/ou regenerativo bem como provas longas.

Publicação de Shoes4runners

Siga Shoes4runners no instagram e Shoes4runners no facebook.

Nike air zoom pegasus 33 – Avaliação – Review

nike air zoom pegasus 33
nike air zoom pegasus 33

Estilo: Corrida
Categoria: Amortecimento
Tipo de Pisada: Neutra
Peso: 305g (Tam 42)
Usabilidade: Média 500km
Preço: R$ 499,00

A Nike está transformando o modelo para aumento de quilometragem, permanecendo com o foco no amortecimento. O novo PEGASUS 33 está um pouco mais pesado no entanto, não será um item negativo uma vez que o mesmo vem modificando sua estrutura na entressola e solado para permite maior rodagem.

O DROP de 10mm não prejudicará aos atletas/corredores que utilizam o médiopé e ou o frentepé nas passadas. Calçado que vem evoluindo na transição das passadas. Passavas suaves e de resposta ativa.

Referente ao cabedal (parte superior) o modelo apresenta a tecnologia FlyWire que já apresentava no modelo anterior, bem como material Flymesh que permite abraçar seu pé como uma meia possibilitando segurança, conforto e respirabilidade, ao calçar pensei que com o tempo esquentaria, mas foi apenas um sentimento errôneo, que bom.

Ainda falando do cabedal, os cordões ‘flywire’ estão amarrados a base do calçado interligados até os aspectos lateral e medial em zig zag. O solado apresenta ‘ranhuras’ permitindo uma boa aderência.

Observação: A entressola apresenta tecnologia mais densa, assim muitos atletas/corredores poderão estranhar, o conforto continua muito bom, no entanto o amortecimento está mais seco nas passadas. Particularmente eu prefiro. Outro ponto observado foi no frentepé pois o calçado é estreito. Já no calcanhar o calçado apresentou uma estabilidade regular.

Indicação: Para atletas/corredores que buscam conforto para treinos diários e provas com rodagem elevada.

Publicação de Shoes4runners

Siga Shoes4runners no instagram e  Shoes4runners no facebook.

Tênis Fila Kenya Racer 2.0 – Na Pista

tenis filaO Tênis Fila Kenya Racer 2.0 é a novidade da Fila em tênis para provas e alto desempenho, foi desenvolvido e testado pela Fila do Brasil seguindo as sugestões dos quenianos. Suas primeiras impressões e novidades tecnológicas estão aqui.

Ele foi criado e desenvolvido em uma nova plataforma de corrida de alto desempenho chamado de “Kenya Racer Pro” é indicado para atletas amadores e profissionais com pisada neutra. A seguir, descrevo minha avaliação e opinião sobre o que achei do tênis durante o uso nos treinos e corridas.

Recebi o tênis Fila no dia 14/09/2014, estava ansioso para começar a usa-lo, porém estava me recuperando de uma tendinite patelar e foi necessário esperar a recuperação total. Comecei a treinar com o novo Tênis Fila no dia 11/10/2014 com um treino leve alternando grama e pista de cascalho. Minha percepção durante o primeiro treino usando o tênis Fila foi positiva, sem instabilidades ou desconfortos.

Após 2 meses, já se foram 10 treinos em pista de cascalho, grama, asfalto e cimento. Duas corridas, Maratona de São Paulo 10 Km e Sargento Gonzaguinha 15 Km, totalizando 80 km usando o novo tênis Fila.

Avaliação

Achei o calce do tênis excelente, o pé não fica solto e não sinto o cabedal apertando o dorso do pé (peito do pé). O pé fica justo e o calcanhar fixo, sem instabilidades. A lingueta também fica no lugar, durante treinos e provas.

tenis fila meia pequena grandeDurante as corridas tenho o costume de jogar a água que não bebo nas pernas e corpo para refrescar, geralmente meus tênis ficam encharcados,  com o Fila não foi diferente, mesmo encharcado  não houve nenhum tipo de irritação ou instabilidades.

Senti desconforto durante um treino que usei uma meia um pouco mais curta e pequena do que geralmente uso, isso causou um atrito do colarinho do tênis com a parte posterior do pé, provocando uma pequena bolha na parte posterior do pé acima do calcanhar.

Acredito que a bolha apareceu por causa da meia, após trocar a meia por uma mais adequada e cano mais longo, usei o tênis normalmente sem atritos no calcanhar.

Outro detalhe, enviou nosso amigo Ariosto do Instagram @correcomigo que usa o tênis Fila Kenya Racer nos seus treinos de tiros e longos, no máximo até 20 Km. O Tênis está com 250 Km rodados e já apresenta descostura da tela de gáspea, rente a ponta do pé, nada que desabone o tênis. Ele garante que gostou muito do tênis e continuará usando até estourar de vez.

 Conclusão

Por enquanto, o Tênis Fila Kenya Racer 2.0 apresenta-se ideal para atletas amadores e profissionais em treinos e provas até 15 Km, com certeza continuarei usando mas ficarei observando se os quenianos e outros atletas usarão o novo Tênis Fila em outras provas de longa distancia para comprovar a resistência e qualidade do tênis.

Last updated by at .