APP para treinos de corrida – SOURUN

treinos sourunComeçar a correr é fácil e simples, no entanto para manter uma constância por um longo período e buscar novos objetivos precisamos de treinos e apoio de profissionais da área. Confesso que nunca fui fã de planilhas e assessorias mas se você quer buscar novos objetivos tem que se dedicar e seguir uma preparação física.

Nas grandes cidades o trânsito e a logística comprometem nosso deslocamento, nossas agendas e consequentemente os treinos. Faltamos e chegamos atrasado, nosso ânimo fica comprometido, o desanimo torna-se uma consequência, por muitas vezes nos lesionamos por fazer uma rotina de treinos que está muito acima da nossa capacidade e então adiamos nossos objetivos.

Eu sempre corria quando dava vontade, sem nenhum objetivo, sem compromisso e sem periodicidade, por outro lado eu sabia que não melhoraria meu desempenho se não tivesse um treino regular e personalizado por profissionais de educação física.

Quando conheci o APP – Sourun em novembro/2015, fiquei na dúvida, mesmo assim resolvi testar e confiar. É bem simples, fiz minha inscrição, escolhi meu treinador (Treinadora Camila). No dia seguinte comecei a conversar com ela através de mensagens no APP, ela me fez algumas perguntas sobre minha disponibilidade para os treinos, objetivos como era minha rotina de treinos e etc…

Desde então tenho seguido os treinos religiosamente, não importa onde estou. Sempre levo meu tênis e acessórios para mante-los em dia e também mantenho minha treinadora informada sobre qualquer duvida. Para quem não mantinha uma rotina de treinos e saia correndo sem planos e objetivos concretos, minha idéia quanto a ter uma rotina mudou muito devido a flexibilidade que o SOURUN permite, sinto que já comecei a sentir muitas melhorias em ter um acompanhamento profissional e personalizado dos treinos.

Até o momento, este é um resumo das mihas atividades e resultados com o SOURUN:

treinos sourun detalhe

  • 77 treinos realizados
  • Total de 556 km
  • 44.483 kcal perdidas
  • Provas realizadas:

Mantenho uma rotina de treino 3 vezes semanais, terça e quinta corro na esteira, devido a compromissos profissionais e estudos, aos domingos corro na rua (faça chuva ou sol), também faço fortalecimento muscular 1 ou 2 vezes na semana.

Sinto que meu condicionamento físico melhorou muito, meu pace está em queda e estou alcançando meus objetivos. Lógico que os resultados não são somente por causa do APP  – Sourun, os resultados também são frutos da sua dedicação e do seu comprometimento, com certeza, os treinos customizados e personalizados do APP são fatores determinantes para manter seus resultados com eficiência e de acordo com sua rotina diária.

Com o DNA da Assessoria esportiva RUN&FUN, o APP – Sourun, é fácil de usar e por uma pequena mensalidade os treinos são desenvolvidos por treinadores reais e personalizados de acordo com o seu objetivo e sua disponibilidade. O APP mantém seus treinos disponíveis, não importa onde você está, basta vestir seu tênis, shorts e camiseta, abrir o SOURUN no seu celular e começar a treinar. O Sourun está disponível para Android e IOS (Apple). Ótimos treinos!!

APP para treinos de corrida – SOURUN was last modified: agosto 7th, 2016 by Paulo Rodrigues

Joelhos e a importância do fortalecimento muscular

joelhos fortalecimentoMuitas pessoas começam a praticar atividades físicas para espantar o sedentarismo e ter uma vida mais saudável. No entanto, não imaginam que a cada passo dado podem estar se aproximando de um problema comum, muitas vezes subestimado: lesões nos joelhos.

Os meios de comunicação incentivam a prática de atividades físicas, e isso é ótimo. No entanto, é preciso orientar as pessoas a maneira adequada de praticá-las. De certa forma, a superação e a dor fazem parte da cultura do esporte, mas do ponto de vista da saúde isso não é bom. “A dor é um alarme do corpo”, afirma Dr. Marcio Ferreira, ortopedista do Hcor.

Segundo o ortopedista, as lesões nos joelhos são comuns em parte pela anatomia da articulação, mas principalmente pelo hábitos de vida das pessoas. É o que eu chamo de “Tripé da Consulta”: o sobrepeso, a falta de condicionamento e a falta de orientação”, afirma o Dr. Ferreira.

A articulação do joelho depende muito da musculatura para não ser sobrecarregada. Por isso, sair correndo por aí sem estar preparado não é a melhor maneira de melhorar sua condição física e vencer o sedentarismo. Antes de iniciar treinos de corrida veja as dicas para começar a correr e faça exames clínicos e ortopédicos.

Iniciar a prática esportiva com exercícios de baixo impacto, aumentando a intensidade e a carga gradativamente, são alternativas para não sobrecarregar os joelhos.

Uma das principais medidas para manter seus joelhos seguros é começar a prática de exercícios aeróbicos com atividades de baixo impacto (caminhadas, bicicleta ergométrica, elípticos e atividades hídricas – hidroginástica e natação). A intensidade e a duração devem ser aumentadas de acordo com o ganho de condicionamento físico. Ao mesmo tempo um programa de fortalecimento muscular deve ser inciado para agregar força e resistência ao corpo e permitir uma evolução física sadia.

Deve-se ressaltar que as pessoas possuem características físicas diferentes, como idade, biotipo, peso, capacidade física inicial e até mesmo alguma doença pré-existente. Portanto as orientações devem ser sempre individualizadas.

“O ideal é que a pessoa tenha orientação de um profissional para a realização das joelhos fortes exercicioatividades, e comece o fortalecimento muscular com exercícios isométricos evoluindo para os isotônicos, objetivando sempre força e resistência. A duração e intensidade de carga dos exercícios devem ser crescentes, aumentando cerca de 10% a 20% por semana, para que o corpo aceite bem o acréscimo de esforço, minimizando, assim, as chances de lesões” explica Dr. Ferreira.

Adotar estas medidas é importante, pois o tratamento das lesões por sobrecarga articular geralmente não se resolve na velocidade que os atletas desejam, sendo que algumas ainda podem necessitar de reparo cirúrgico. Não podemos esquecer que as dores e lesões provocam frustrações e desânimo, fatores estes que contribuem para o abandono das atividades físicas.

O segredo para manter os joelhos livres das dores, segundo o ortopedista, está na opção e adoção consciente de hábitos de vida saudáveis, e não esquecer de dedicar parte dos treinos à prevenção. “Falta prevenção e sobra transpiração. Na maioria das consultas que tenho, preciso orientar o paciente a adotar novos hábitos esportivos. Muitas vezes, a ação de melhora clínica cabe somente a algumas mudanças no padrão das atividades que as próprias pessoas realizam, não necessitando de nenhuma intervenção terapêutica”. Analisa.

Portanto, vale a pena cumprir todas as etapas de adaptação aos treinos e evoluir gradativamente com os esforços, afinal quanto mais fortalecida estiver a musculatura, menor serão as chances de lesões nos joelhos.

Matéria da revista Hcor Saúde – Publicação do Hospital do coração Hcor

Joelhos e a importância do fortalecimento muscular was last modified: maio 23rd, 2016 by Paulo Rodrigues

Canelite – Mitos e verdades – O que é eficaz?

canelite dor nas canelas eficazA canelite está entre as lesões mais frequentes em corredores. Ela gera uma dor na parte interna da tíbia (osso da canela), que começa suave. Mas, se não tratada precocemente, aumenta muito de intensidade, atrapalhando até mesmo a caminhada.

Geralmente ela ocorre em atletas que recentemente intensificaram os treinos ou mudaram suas rotinas de treinos. Os músculos, tendões e o tecido ósseo ficam sobrecarregados pelo aumento da atividade.

Em relação ao tratamento, também existem dúvidas. E para aumentar a confusão no cuidado ao corredor, algumas medidas são prescritas como benéficas quando na verdade não passam de mitos, saiba como evitar:

MITO – Fortalecimento e alongamento do músculo tibial anterior
O tibial anterior é o músculo que fica na porção anterior e lateral da canela. Eu já conheci muitos corredores com canelite que foram orientados a trabalhar esse músculo usando elásticos ou caneleiras para “puxar” o pé para cima. Mas o tibial anterior não tem nada a ver com a canelite. É uma questão de anatomia e até o nome técnico da patologia já dá uma dica: síndrome do stress tibial medial. A palavra medial quer dizer “interno” e o músculo lateral da canela não participa dessa história. Na verdade, a canelite tem relação com os músculos da panturrilha, principalmente o sóleo. Se você colocar a mão na parte interna da canela vai sentir que sua panturrilha se insere ali.

MITO – Trocar de tênis
Antes de mais nada, é necessário ter certeza que você usa o tênis adequado para o seu tipo de pisada. Muito dificilmente será o tênis que está causando a canelite. Aliás isso vale para a maioria das lesões na corrida. Ao invés de começar a usar um tênis com mais amortecimento, procure melhorar a sua forma de correr para que o seu próprio corpo amenize o impacto.

VERDADE – Fortalecimento e alongamento da panturrilha
Já que a canelite tem relação com uma contração inadequada dos músculos da panturrilha, o seu alongamento e fortalecimento são benéficos. Além disso, a panturrilha é o principal amortecedor do corpo e o tratamento da canelite envolve mantê-la forte e trabalhando na corrida para amenizar o impacto sobre a tíbia.

Dores nas canelas, nem sempre é canelite sempre consulte o quanto antes um médico especialista.

Dicas de William Costa Assessoria Esportiva

 

Canelite – Mitos e verdades – O que é eficaz? was last modified: fevereiro 17th, 2016 by Paulo Rodrigues

Evite desamarrar o cadarço do tênis

cadarco desamarradoSabe aquele imprevisto durante a corrida? Seu tênis desamarrou justo na melhor parte, quando você está fazendo seu melhor tempo?

Aí você fica na duvida parar ou não parar para amarrar o cadarço? É um momento cruel para o corredor.

Quem pratica corrida de rua sabe muito bem do que estou falando, pois bem, evite desamarrar o cadarço do tênis durante a corrida usando o cadarço elástico ou a técnica de amarrar o cadarço através do furo extra dos tênis também pode evitar que o cadarço desamarre.

Depois que aprendi a fazer e usar o cadarço elástico, uso em todos os meus tênis de corrida e até mesmo os que uso casualmente, fica muito mais pratico e fácil vestir o tênis no pé. Para quem pratica triathlon, facilita muito para vestir o tênis rapidamente no momento de transição.

Algumas empresas vendem um kit de cadarço elástico, mas nem sempre tem a cor que combina mais com seu tênis, então o jeito é você mesmo fazer e personaliza-lo, a seguir segue as dicas de como você mesmo pode fazer os cadarços elásticos.

Material basico cadarco elastico1) Material necessário (Todos os itens são encontrados facilmente em armarinhos):

– Uma tesoura;

– 2 metros de elástico roliço nº 15 de 2,8mm, cor da sua preferencia;

focinho de porco– 2 x Ponteiras para cordão focinho de porco pequena (18mm de largura x 16 mm de altura);

– 2 x ponteira para cordão/ponteira para elástico;

2) Modo de fazer

– Corte o elástico na metade, deixando as duas partes do mesmo tamanho.

Ajuste da ponteira focinho de porco– Passe o cadarço elástico no tênis da mesma maneira que o cadarço normal;

– Ao terminar, ajuste o cadarço puxando e esticando (em todas as passagens) e coloque a ponteira focinho de porco para segurar as pontas do elástico.

– Calce o tênis e ajuste da maneira que fique confortável e que não saia do pé. Ajuste a ponteira focinho de porco para deixar o tênis justo, como se tivesse cortando excesso focinho porcoamarrado. Não aperte demais.

– Perceba que sobrará cadarço e será necessário usar a tesoura para cortar o excesso de elástico.  Corte de maneira que você, após colocar a ponteira de cordão, consiga passar por baixo da primeira passagem do cadarço no tênis, por fim passe  as ponteiras por baixo da primeira passagem do cadarço para não ficarem soltas.

cadarco fechadoTire o tênis e verifique que ele se fecha e para calça-lo é igual a vestir uma meia. O detalhe é que quando você veste, o tênis já está ajustado.

Alguns atletas já passaram ou nunca passaram por essa situação durante as provas, espero que essa dica ajude e evite desamarrar o cadarço do tênis durante a corrida, e aos triatletas que precisam de velocidade e facilidade cadarco-elastico-completonos momentos de transição das provas.

Abraços e boas provas!

Julio Dezan

Evite desamarrar o cadarço do tênis was last modified: janeiro 21st, 2016 by Paulo Rodrigues